Voltar

Estratégia empresarial: o desafio de ir além da mera formalidade

Por Adriele Marchesini

Ao elaborar missão, visão e valores do hospital, deve-se garantir que conceitos irão permear todas as atividades listadas no planejamento estratégico

por editorial GesSaúde

Missão, valores e visão são alicerces que resumem a razão de existir de toda organização, sua identidade operacional e ideológica, independentemente do setor no qual está inserida, e servem como premissa para toda a decisão de negócios. Em um mercado cada vez mais desafiador na Saúde, com fusões e aquisições aquecidas, mudanças no modelo de remuneração e transformação digital, esses conceitos de estratégia empresarial não devem ser vistos pelo hospital como mera formalidade. Eles são definidos ou revisados durante o planejamento – etapa interna fundamental para lidar com as turbulências externas.

  • Missão: motivo pelo qual a instituição foi criada, seu propósito, sua espinha dorsal. A pergunta “qual nossa missão?” deve ser feita antes mesmo de a instituição ser lançada ao mercado. As razões de existir do negócio podem ser diversas, mas devem ser dispostas de forma clara, objetiva, e realista. Construir uma mensagem vaga como “atender o paciente com eficiência” ou “gerar lucros por meio do aumento no número de usuários atendidos” é pouco efetivo. A missão deve resumir o que se planeja entregar à sociedade;  o diferencial do serviço prestado; mercado  de atuação; principais competências; a maneira de se fazer negócio e o público atendido.

Em uma organização com gestão madura, a missão é retomada frequentemente para auxiliar nas decisões estratégicas. Por exemplo: se não houver confluência entre uma nova oportunidade e a razão de existir da instituição, o negócio não deve ser aproveitado, mesmo que aparente ser rentável.  

Veja alguns exemplos de  missão definidas por organizações de Saúde:

Hospital Albert Einstein: Oferecer excelência de qualidade no âmbito da Saúde, da geração do conhecimento e da responsabilidade social, como forma de evidenciar a contribuição da comunidade judaica à sociedade brasileira.”

Sociedade Beneficente de Senhoras – mantenedora do Hospital Sírio-Libanês: “A Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês é uma instituição brasileira que desenvolve ações integradas de assistência social, de Saúde, de ensino e de pesquisa.”

  • Valores: a missão também deve estar conectada aos valores da instituição, que resumem sua “personalidade”. Esses princípios  servem como balizadores para a contratação e a formação  dos colaboradores, junto, por consequência, das práticas que serão usadas para alcançar os objetivos propostos. Eles apontam de que forma a instituição deve se comportar com pacientes e demais interlocutores nas mais variadas situações e como o negócio se assume perante a concorrência.

Os princípios devem conter expressões que realmente façam sentido para o corpo empresarial e para a missão a qual a organização se propôs a seguir.

Veja alguns exemplos:

Hospital Santa Helena: Excelência no atendimento; Humanização; Respeito; Valorização pela vida do próximo.

Hospital Santa Catarina: Tradição, Humanização, Credibilidade, Respeito e dignidade, Empreendedorismo.

  • Visão: indica como a companhia quer ser reconhecida no futuro  e está atrelada ao significado dos objetivos organizacionais. Estruturada uma missão e garantidos os valores de sustentação, a visão é consequência final. Somente indicando aonde se quer chegar é possível maximizar resultados.

Exemplos:

Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo: “Ser reconhecida pela excelência no atendimento, ensino,  pesquisa e gestão em Saúde.”

Hospital Santa Isabel: “Ser reconhecido entre as principais opções de hospitais em medicina supletiva.”

Estruturados missão, visão e valores, o hospital consegue pensar nos próximos passos da estratégia empresarial e fazer com que cada atividade planejada e executada seja permeada por esses conceitos.

Saiba mais:

Plano de voo: como os hospitais poderão superar a turbulência em 2018

Fusões e aquisições como estratégia empresarial e o impacto sobre o paciente

Planejamento empresarial: desdobrando metas em objetivos estratégicos

Foto: Pixabay


18 de Janeiro de 2018 | Atualizado dia 18 de Janeiro de 2018


ÚLTIMAS POSTAGENS

Editorial GesSaúde

Atenção Primária à Saúde: por que ela é cada vez mais necessária

Modelo utilizado pelo SUS começa a chegar à Saúde Suplementar; entenda como o hospital deve se adaptar à mudança por…Leia mais.

Editorial GesSaúde

Estratégias de gestão de Saúde populacional para hospitais

Gestores devem mudar o olhar na administração, com direcionamento horizontal e apoiado em práticas de maturidade de gestão Por editorial…Leia mais.

Gerenciamento de processos hospitalares: uma visão horizontal

Metodologia impacta diretamente nos resultados porque permite que a organização conheça o encadeamento das suas operações Por Fabiana Freitas Desconhecer…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos