Voltar

GesSaúde leva Proama e maturidade de gestão hospitalar ao 26º Fehosp

Congresso reúne presidentes, provedores e diretores de Santas Casas e hospitais beneficentes de São Paulo

A GesSaúde participa da 26º edição do Congresso de Presidentes, Provedores, Diretores e Administradores Hospitalares de Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp), a ser realizado entre os dias 2 e 5 de maio em Atibaia, no interior de São Paulo.

Com o tema “Interdependência: reduzindo fraquezas, aumentando forças”, o encontro será palco para discussão sobre a necessidade de interação das Santas Casas e hospitais beneficentes com os governos municipais, estaduais, federal e com a comunidade.  

Um estande da GesSaúde estará localizado no congresso com mais informações sobre o recém-lançado Programa de Aceleração da Maturidade de Gestão da Saúde (PROAMA).

O consultor Magno Santana, Roberto Gordilho, diretor da GesSaúde, e Hélder Uzeda, consultor

A GesSaúde acredita que uma das formas mais eficientes reduzir fraquezas e aumentar forças é através do aumento da maturidade dos processos internos de gestão e o PROAMA (Programa de Aceleração da Maturidade de Gestão da Saúde) é uma das formas mais eficientes de alcançar este objetivo.

  • O que Maturidade de Gestão?

A maturidade de gestão é a capacidade da instituição (hospital) alcançar resultados com os recursos disponíveis.

Em saúde resultado está diretamente relacionado a quatro elementos:

  1. Segurança do paciente
  2. Qualidade do atendimento
  3. Eficiência dos processos
  4. Resultados financeiros

Quanto maior a capacidade de alcançar, de forma contínua e sustentável, os resultados, maior o nível de maturidade da Gestão.

  • O que é o PROAMA – Programa de Aceleração da Maturidade de Gestão da Saúde?

É um programa estruturado para permitir a construção gradativa de um modelo de gestão baseado em três elementos: Estratégia, Modelo de Gestão e Governança Corporativa, através da implementação de ferramentas gerenciais, tecnológicas e estratégicas e da troca de experiências entre os participantes.

O Programa desenvolve o conceito de maturidade de gestão através de cinco pilares: Governança Corporativa, Estratégia, Pessoas, Processos e Tecnologias.

  • Quem precisa do PROAMA?

Hospitais que tenham investido em tecnologias de Gestão, passado pelo processo de informatização, não tenham resolvido seus problemas de Gestão, não possuam uma estratégia clara que é acompanhada de forma sistemática, não possuam uma governança corporativa que possibilite acompanhar a Gestão e os projetos de forma eficiente, não possuam processos eficientes, formalizados e bem estruturados e entenda que pode alcançar melhores resultados com uma melhor capacitação de suas pessoas.

Ou simplesmente hospitais que não estejam satisfeitos com seus resultados e acreditem que evoluir seu processo de gestão é um caminho para melhorar estes resultados.

Conheça mais do PROAMA: www.gessaude.com.br/proama


3 de Maio de 2017 | Atualizado dia 3 de Maio de 2017


ÚLTIMAS POSTAGENS

Governança Corporativa

A contramão do quartel na governança corporativa da gestão hospitalar

Para vencer as batalhas cotidianas do setor de Saúde, equipes precisam de comandantes maduros por Anderson Freitas Sempre se fala…Leia mais.

Tecnologia de Gestão

Como o gestor deve encarar as inovações tecnológicas na Saúde?

Líder deve estar preparado e ter maturidade de gestão para conduzir a transformação digital por André Farias Com a evolução…Leia mais.

Estratégia Empresarial

Como o jurídico pode participar e contribuir com a gestão de organizações de Saúde

Com intensa regulação do setor, departamento deve ter ação diferenciada e estratégica para fazer a diferença nos hospitais por Agnaldo…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos