Voltar

I Congresso Brasileiro de Maturidade de Gestão na Saúde será em dezembro

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade


Encontro vai abordar aspectos do mercado com uma visão pragmática: 2019 não será um ano fácil para as instituições

Por Editorial GesSaúde

O mercado de Saúde está passando por grandes transformações e, independente dos resultados das eleições deste ano, as organizações devem estar preparadas para novos impactos em 2019. Além disso, no ambiente exterior, os principais players já estão praticando novos modelos de pagamento e saindo cada vez mais do fee-for-service. Esse é o pano de fundo em que será construído o primeiro Congresso Brasileiro de Maturidade de Gestão na Saúde, idealizado pela Comunidade Maturidade de Gestão em Saúde e que vai acontecer no dia 1º de dezembro em São Paulo. Com palestras e painéis temáticos, o evento irá reunir profissionais ligados aos mais diversos ambientes do mercado de Saúde.

“Os hospitais estão vivendo a tempestade perfeita na Saúde, que é formada por alguns fatores externos – que não se podem mudar – somados a um conjunto de ineficiências internas que colocam em risco a saúde e a operação das instituições. No cenário externo, o mercado passa por uma mudança no modelo de remuneração, saindo do modelo atual de pagamento por serviço (fee-for-service) para pagamento por performance, que é o futuro. O modelo intermediário é o pacote, mas muitas instituições ainda não conseguem sequer calcular o custo desse pacote”, comentou Roberto Gordilho, CEO da GesSaúde.

Como especialista em gestão em Saúde, Gordilho aponta que as organizações do País estão há mais de uma década sofrendo com esse tipo de modelo. “Outro desafio externo é que quem trabalha com o Sistema Único de Saúde (SUS) está há mais de 10 anos sem reajuste na tabela. Também está começando a se desenhar uma mudança no modelo de monetização. Os hospitais desaprenderam a ganhar dinheiro com serviço e hoje são grandes distribuidores de materiais/medicamentos e Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPMEs) e as operadoras estão apertando cada vez mais esses itens”, disse.

Para 2019, os gestores devem esperar um ano muito difícil em que muitas das mudanças do cenário externo previstas na tempestade perfeita começam de fato a fazer parte do dia a dia, tais como a mudança no modelo de monetização, a mudança no modelo de remuneração e a consolidação da saúde avançando a todo vapor. Na visão de Gordilho, as instituições devem estar atentas tanto ao cenário mercadológico, com suas alterações constantes e pressão pela concorrência, quanto às evoluções tecnológicas. “Temos também a transformação digital e as novas tecnologias, que vão impactar fortemente todas os setores da economia e a Saúde não será diferente. E para fechar, as fusões e aquisições estão redesenhando toda a cadeia da Saúde, aumentando muito o poder dos grupos e enfraquecendo os hospitais individuais”, argumentou.

É por isso e outros fatores que, de acordo com Gordilho, se faz urgente a necessidade de debater os diversos problemas que a Saúde enfrenta. “Discutir a gestão da Saúde neste cenário de transformação é fundamental, pois apenas os hospitais preparados, com uma gestão madura, vão conseguir se transformar, crescer e capturar valor neste cenário. Podemos dizer que estamos frente a um grande problema ou uma grande oportunidade, a qualidade dos processos de gestão é que vai determinar como vamos perceber as transformações”.

Para antecipar o lugar no congresso, o interessado pode se inscrever pelo site: https://congressomatgestao.eventbrite.com.br

Programação

08:00 – 08:30 Boas-vindas

08:30 – 09:20 Palestra: Gestão Hospitalar:Cenário e desafios para um futuro que chega rápido

09:20 – 10:15 Palestra: Nova Lei de Proteção de Dados – Impacto na Saúde

10:15 – 10:30 Coffee Break

10:30 – 12:30 Painel: Desafios da Maturidade de Gestão para hospitais filantrópicos

12:30 – 14:00 Intervalo para almoço

14:00 – 15:45 Painel: Novos modelos de remuneração: Impacto na operação

15:45 – 16:00 Coffee Break

16:00 – 17:45 Painel: Revolução 4.0 na Saúde: Uma verdadeira transformação

17:45 – 18:00 Encerramento

Saiba mais:

Da fragmentação à união: o papel do hospital na construção de um novo sistema de saúde

O papel do líder na elaboração do planejamento anual

Compliance: principal aliado do gestor no combate a fraudes e desvios no hospital

 

 


2 de outubro de 2018 | Atualizado dia 16 de outubro de 2018


ÚLTIMAS POSTAGENS

Gestão Hospitalar

Value-based Healthcare: estratégia para melhorar a qualidade e reduzir os custos

Conceito otimiza a gestão hospitalar fornecendo valor nos serviços de Saúde e ampliando a experiência do cliente Por Editorial GesSaúde…Leia mais.

Gestão Hospitalar

Resultado e profissionalização da gestão, este é o nome do jogo na Saúde

É o momento de os hospitais avançarem na profissionalização dos processos de gestão para enfrentar as transformações que estão ocorrendo…Leia mais.

Gestão Hospitalar

Telemedicina ganha novas aplicações na Saúde Pública

Especialista ressalta que o uso da tecnologia e a comunicação virtual já são usados em diversos países Por Editorial GesSaúde…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos