Voltar

Santa Casa da Bahia melhora processos com a implantação do Lean Healthcare

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade


Processo de evolução será apresentado no I Congresso de Maturidade de Gestão em Saúde

Por Editorial GesSaúde

O Hospital Santa Izabel, em Salvador, foi o primeiro hospital da Bahia. Fundada em 1549, essa Santa Casa é referência em diversas especialidades médicas, como oncologia, cardiologia e neurologia. Há três anos, aproximadamente, o hospital iniciou um processo de implantação da cultura Lean Healthcare, que possibilitou o aumento do giro de leitos, melhoria na disponibilidade de horários cirúrgicos e redução do tempo de espera no pronto atendimento. À frente dessa estratégia está a diretora administrativa do Hospital Santa Izabel, Mônica Bezerra.

O processo de implantação da cultura Lean será apresentado pela gestora no I Congresso de Maturidade de Gestão em Saúde, que acontece no mês de dezembro, em São Paulo. O Lean Healthcare é um conjunto de métodos operacionais voltados para criar um valor e segurança para os pacientes. Além disso, essa metodologia, que pode ser aplicada para qualquer tipo de negócio, resulta em redução de desperdícios e o tempo de espera no atendimento ao cliente.

Em 2015 avaliamos o cenário externo em que a crise macroeconômica já começava a apresentar seus efeitos no mercado de saúde através das primeiras notícias de redução da carteira de beneficiários de planos de saúde e, consequente, início dos movimentos mais assertivos de revisão dos modelos de remuneração”, explicou Mônica sobre o início da decisão pelo Lean. “No ambiente interno estávamos preparando para  troca do nosso ERP e, apesar do empenho da equipe no processo de aderência ao novo sistema informatizado, era clara a necessidade de mudarmos nossos processos para exigir menos customizações, completou.

A gestora do hospital explica que diversas foram as barreiras encontradas durante o processo de aplicação da metodologia:

  • Falta da cultura e da compreensão da proposta Lean Healthcare, com decorrente ceticismo e resistência às mudanças;
  • Alta variabilidade dos processos que geram dificuldades na coleta de dados e medições;
  • Complexidade do processo implantação, pois, a expectativa natural é abordar processos grandes e muitas vezes intrincados;
  • Dificuldade de sustentação a longo prazo, fruto da tendência à acomodação e não formação (ou retroalimentação) de novas ondas/colaboradores divulgadores do método.

De acordo com a diretora do Santa Izabel, foi necessário investimento em motivação das equipes com colaboração ativa da alta gestão da entidade. “Para superar estas barreiras temos de investir no constante incentivo e motivação aos projetos em uma articulação top down com atuação ativa da alta gestão, escolha de projetos com delimitação clara – os projetos grandes devem ser trabalhados em partes para que se supere as dificuldades de coleta de dados e para que os resultados apareçam mais rápidos. Por fim, ampla divulgação dos benefícios. Ou seja, foco e firmeza de propósito”, descreveu Mônica.

Venha participar do I Congresso Brasileiro de Maturidade de Gestão na Saúde, conhecer mais a fundo a experiência da Santa Casa da bahia na implantação do Lean, discutir e ajudar a construir o futuro da Saúde no Brasil.

Inscrições: https://congressomatgestao.eventbrite.com.br

Saiba mais:

Do papel ao digital: por que agregar inteligência nas receitas de medicamentos pode melhorar a qualidade no atendimento hospitalar

Captation reverso: um modelo disruptivo de remuneração na Saúde

Estratégias de gestão de saúde populacional para hospitais

Foto: Freepik


16 de outubro de 2018 | Atualizado dia 22 de outubro de 2018


ÚLTIMAS POSTAGENS

Gestão Hospitalar

Prematuridade: a importância da tecnologia na hora de salvar a vida de prematuros

Na Saúde, encontrar novas formas de aumentar o número de vidas salvas é um desafio constante Por Dra Karin Schmidt Rodrigues…Leia mais.

Gestão Hospitalar

Qual a importância da educação médica continuada para a efetividade clínica

É preciso investir em novas abordagens de capacitação para aproximar o médico do conhecimento Por Eleonora Sertorio Por mais amplas e…Leia mais.

Gestão Hospitalar

Como captar recursos para reestruturação de hospitais filantrópicos

Linhas de crédito para a Saúde e legislação específica devem ser utilizadas para aprimorar a gestão Por Editorial GesSaúde A…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos