Acreditações tornam hospitais referências em serviços de Saúde - GesSaúde
Voltar

Acreditações tornam hospitais referências em serviços de Saúde

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade


Gestão por processos e equipes bem preparadas são algumas das exigências cobradas pelas metodologias de acreditação

Por Editorial GesSaúde

Acreditações e certificações são requisitos básicos para organizações de Saúde focadas em ampliar o potencial competitivo no mercado. Mais que isso, são a garantia de que a instituição possui excelência na operação e estratégias voltadas para o aumento da segurança do paciente. Porém, antes de ser acreditado o hospital deve passar por transformações que vão desde a forma de gestão, até o preparo e engajamento de todos os colaboradores. O start desse processo deve começar pela cultura organizacional, indicando os desafios que o negócio deve vencer e adotando padrões de fomento à qualidade. 

 

“O processo de acreditação auxilia na implementação de protocolos de segurança ao paciente e o gerenciamento de seus resultados. Além disso, é garantida a execução dessas práticas pelas avaliações realizadas periodicamente (manutenção ordinária), as quais verificam a continuidade do atendimento aos padrões e requisitos estabelecidos”, explicou Ravenna Honorato, enfermeira de Qualidade do Hospital Albert Sabin, instituição que em setembro conquistou o selo de Acreditado Pleno – Nível II, pela ONA (Organização Nacional de Acreditação).

Recursos Humanos

O alinhamento das estratégias exige da gestão do hospital o preparo dos colaboradores de todas as equipes. Para garantir uma operação linear, tanto back office quanto assistencial devem unir sinergia e comunicação entre cada processo executado. Cabe ao departamento de Recursos Humanos desenvolver técnicas que garantam essa uniformidade. “O nível de preparo das equipes se estende desde o processo de recrutamento e seleção até o processo de treinamento contínuo, para que dessa forma elas possam exercer suas funções de acordo com os as melhores práticas existentes no mercado. A qualidade e outras áreas de apoio, como educação continuada e RH, se empenham para que todos tenham conhecimento sobre seu papel na segurança do paciente  e consequentemente as boas práticas que nos guiam e que nos levam a conquista de uma acreditação”, comentou Vivian Sperancin Carvalho, analista de Qualidade do Albert Sabin.

Processos 

Outro requisito exigido pelas metodologias de acreditação é a gestão por processos. Mas para isso, as rotinas devem estar de acordo com a capacidade da organização, com medições constantes de qualidade e eficácia. “A gestão por processos amplia a visão dos gestores sobre o funcionamento da instituição, trata-se de enxergar o todo sem esquecer da responsabilidade de cada um no desempenho de suas funções”, especificou Stenio Prada Mesquita, analista de Processos do hospital paulistano. 

Compliance

E para que toda a operação seja feita de forma juridicamente segura, se atentar para a legislação e normas que regem a Saúde é uma constante para a gestão focada em obter selos de acreditação. “Hoje é senso comum ser ético, legalista, trabalhar por projetos e foco, com economicidade, abolir a corrupção, porém as empresas ainda não possuem maturidade para adotar esse conjunto de comportamento no dia a dia corporativo. As empresas que adotarem a política de compliance terão claramente um diferencial competitivo, pois fica transparente para os clientes, fornecedores e mesmo para o corpo funcional o modo de operação corporativo, o rumo ético e honesto de produzir, de crescer, de se diferenciar das outras empresas do mesmo segmento dessa indústria”, explicou o gerente médico do Albert Sabin, Renato Tardelli Pereira.

Leia também:

Conheça 4 aspectos importantes para uma estratégia de empoderamento dos colaboradores

Maturidade de gestão da Saúde: o paciente visto como cliente

A tempestade perfeita na Saúde está virando um furacão


24 de setembro de 2019 | Atualizado dia 23 de setembro de 2019


ÚLTIMAS POSTAGENS

Gestão da Saúde

O plano de ação para organizações de Saúde

Ferramenta de acompanhamento do planejamento, o plano de ação é fundamental para atingir metas e objetivos Por Editorial GesSaúde Como…Leia mais.

Estratégia Empresarial

Planejamento em Saúde: a importância de objetivos e metas bem definidas

Estabelecer metas, avaliar e metrificar resultados fazem parte do processo do planejamento em Saúde Por Editorial GesSaúde A operação dos…Leia mais.

Gestão da Saúde

Transformação digital na Saúde: como reduzir erros e ampliar a qualidade

Prontuário eletrônico, digitalização de informações e fim das prescrições em papel auxiliaram na conquista da certificação QMentum Internacional A prescrição…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos