Filantrópicas: verba do governo federal pode ser usada para melhorar a gestão - GesSaúde
Voltar

Filantrópicas: verba do governo federal pode ser usada para melhorar a gestão

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade


Linhas de crédito de R$ 4,5 bilhões permitem investimentos com foco em programas de otimização da gestão hospitalar e governança, como o PROAMA

Por Editorial GesSaúde

Diante do cenário de transformação por que passa a Saúde no Brasil as Santas Casas e hospitais filantrópicos estão vivenciando um momento em que nunca foi tão necessário melhorar e modernizar a gestão e operação. Para este fim estão disponíveis dois programas de financiamento, sendo um deles lançado nesta semana, o Caixa Hospitais FGTS com R$ 3,5 bilhões disponíveis. A outra frente de investimentos, o BNDES Saúde, disponibiliza uma linha de crédito de R$ 1 bilhão e permite investimentos em implementação de melhorias de gestão, governança e eficiência operacional e também para implantação, ampliação e modernização das instituições. 

O primeiro crédito é disponibilizado pela Caixa Econômica Federal através do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Para ter acesso, as Santas Casas e outras entidades filantrópicas precisam estar contratualizadas com o Sistema Único de Saúde (SUS) ou atuar de forma complementar à rede de atenção à saúde pública por um período mínimo de 12 meses consecutivos. 

A outra linha de crédito, aberta há um mês, pode ser solicitada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ou por meio de um agente financeiro. Além disso, para ambos os benefícios, as filantrópicas devem estar em dias com duas importantes documentações:

  • Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (CEBAS), emitido pelo órgão oficial federal competente, vigente e validado junto ao referido órgão na data da aprovação da operação pelo BNDES; 
  • Registro atualizado no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde – CNES. 

A vantagem é que as instituições podem usar o recurso para contratar consultorias e empresas especializadas em melhorias dos processos de gestão. Essa é, inclusive, uma das exigências da fiscalização pelo BNDES. “A instituição filantrópica deverá apresentar diagnóstico institucional de seus processos internos de gestão, planejamento e operação, bem como um plano de ação para aprimorá-los e melhorar o seu desempenho, realizado por empresa ou instituição externa qualificada para tal”, informa o banco. 

PROAMA

O momento é oportuno para que as Santas Casas e outras filantrópicas otimizem a operação, aumentem a eficiência, atualizem seus processos de gestão e, em muitos casos, saiam do vermelho. Como são essenciais no atendimento às demandas do Sistema Único de Saúde (SUS), essas instituições podem agora financiar programas de melhorias na gestão para aumentar os resultados. Por outro lado, um grande desafio dentro do BNDES Saúde é conseguir alcançar estes resultados em curto prazo de tempo. 

Uma opção acelerar e aumentar a eficiência e qualidade é o PROAMA – Programa de Aceleração da Maturidade de Gestão da Saúde, um programa criado especialmente para aumentar a maturidade de gestão e produzir resultados rápidos para a instituição.

O PROAMA é uma verdadeira imersão em metodologias de gestão através de um caminho sólido e sistemático de desenvolvimento do processo de gestão a partir das dimensões: Estratégia Empresarial, Governança Corporativa, Gestão por Processos, Pessoas e Tecnologia. O programa envolve atividades integradas que busquem aumentar a maturidade de gestão da instituição de forma a elevar seus resultados, principalmente, em segurança do paciente, qualidade, eficiência nos processos e resultados financeiros, tendo o gerenciamento de resultados, processo exigido pelo BNDES Saúde, como o principal diferencial da metodologia. 

A metodologia do PROAMA está baseada na realização de atividades interligadas que buscam direcionar a instituição para a definição de um modelo de gestão alinhado com os objetivos do Hospital, e para isso foi desenvolvido um método que prevê a aplicação de técnicas e ferramentas que suportem o desenvolvimento do programa. 

Para melhor implementação do método a metodologia foi dividida em 03 (três) linhas de atuação:

A principal característica do PROAMA é o envolvimento de todo o corpo de gestores da instituição nas atividades do projeto, proporcionando uma construção gradativa de um modelo de gestão que busque a melhoria dos resultados e sustentabilidade do Hospital.  

Leia também:

Quem disse que Santa Casa só dá prejuízo?

Santa Casa da Bahia melhora processos com implantação do lean healthcare

O médico como cliente: estratégias de gestão para otimizar o serviço do profissional


4 de julho de 2019 | Atualizado dia 6 de janeiro de 2020


ÚLTIMAS POSTAGENS

Gestão da Saúde

Experiência do cliente e a importância do BPM na Saúde

Gerenciamento de processos executado de forma eficaz contribui para a satisfação e experiência do cliente Por Fabiana Freitas A experiência…Leia mais.

Gestão da Saúde

Estratégia competitiva como forma de perpetuar a organização

Em um cenário de competitividade extrema e de transformações constantes, a estratégia competitiva é fundamental para o negócio Por Roberto…Leia mais.

Gestão da Saúde

Entenda o processo de modernização da gestão

Engajamento e treinamento de pessoas fazem parte do amadurecimento e processo de modernização da gestão Por Roberto Gordilho A visão…Leia mais.

Gestão da Saúde

Gestão do capital: entenda o movimento de financeirização na Saúde

De milhões para bilhões de reais, o setor de Saúde precisa de profissionalizar a gestão do capital Por Roberto Gordilho…Leia mais.

Gestão da Saúde

Por que o modelo de remuneração torna a Saúde ineficiente

Volume de procedimentos gerado e repasse de reajustes para clientes, são algumas das dificuldades do atual modelo de remuneração Por…Leia mais.

Gestão da Saúde

Oportunidades de crescimento da Saúde no Brasil

Análise mercadológica e econômica apresenta bons motivos para organizações apostarem na Saúde no Brasil Por Editorial GesSaúde As oportunidades de…Leia mais.

Gestão da Saúde

A prescrição digital pode combater as fraudes de receita médica?

Por Rafael Moraes* A falsificação de documentos médicos é mais comum do que se pode imaginar. Para se ter uma…Leia mais.

Gestão da Saúde

Entenda o valor na Saúde para os 4 principais atores

Entrega de resultados e eficiência demanda que o gestor saiba oferecer valor na Saúde para os stakeholders Por Roberto Gordilho…Leia mais.

Gestão da Saúde

Planejamento estratégico: a importância do acompanhamento

A segurança do negócio e o alcance de metas exige acompanhamento rotineiro do planejamento estratégico Por Roberto Gordilho O final…Leia mais.

Gestão da Saúde

Cenários para enriquecer o planejamento estratégico

Ambientes externos e internos devem ser avaliados durante a produção do planejamento estratégico para a instituição Por Roberto Gordilho A…Leia mais.

Gestão da Saúde

Como alinhar a estratégia empresarial ao modelo operacional

Maturidade de gestão é o caminho para que a estratégia empresarial seja alinhada ao modelo de operação da instituição Por…Leia mais.

Gestão da Saúde

Tempestade perfeita: por que a Saúde é diferente

Manter a segurança do negócio e o crescimento demanda buscar oportunidades nas transformações da tempestade perfeita Por Roberto Gordilho Uma…Leia mais.

Gestão da Saúde

A expectativa do cliente da Saúde mudou

Organizações precisam mudar o mindset para compreender a expectativa do cliente da Saúde Por Roberto Gordilho As  novas tecnologias, a…Leia mais.

Gestão da Saúde

Planejamento estratégico: como aplicar o 5W2H na gestão da Saúde

Ferramenta auxilia a identificar e especificar estratégias que devem constar no planejamento estratégico da organização Por Editorial GesSaúde Melhorar a…Leia mais.

Gestão da Saúde

Incorporar soluções de suporte à decisão clínica ao fluxo de trabalho pode fazer a diferença na Saúde

Em épocas de internet of things (IoT), inteligência artificial, realidade aumentada, big data, fica meio difícil imaginar nossas vidas sem…Leia mais.

Gestão da Saúde

Gestores extraordinários: o passo a passo para o sucesso

Roberto Gordilho apresenta curso inovador para todos que ocupam ou querem ocupar cargos de gestão e se tornarem gestores extraordinários…Leia mais.

Gestão da Saúde

Maturidade de gestão: vídeos mais acessados de 2019

Roberto Gordilho apresenta os conceitos mais relevantes para a maturidade de gestão na Saúde no canal GesSaúde do Youtube Por…Leia mais.

Gestão da Saúde

O que é maturidade de gestão na Saúde

Entenda o conceito de maturidade de gestão na Saúde.

Gestão Hospitalar

Gestão hospitalar: 10 artigos mais lidos do Portal GesSaúde

2019 foi um ano de transformações na Saúde em que os principais conceitos de gestão hospitalar foram fundamentais para os…Leia mais.

Gestão da Saúde

Ação imediata: entenda como o gestor pode usar essa estratégia

Plano de ação imediata é uma ferramenta de correção de erros a fim de antever cenários e determinar a melhor…Leia mais.

Gestão da Saúde

O plano de ação para organizações de Saúde

Ferramenta de acompanhamento do planejamento, o plano de ação é fundamental para atingir metas e objetivos Por Editorial GesSaúde Como…Leia mais.

Estratégia Empresarial

Planejamento em Saúde: a importância de objetivos e metas bem definidas

Estabelecer metas, avaliar e metrificar resultados fazem parte do processo do planejamento em Saúde Por Editorial GesSaúde A operação dos…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos